Bem vindos!

Variedades de Floripa ! notícias, política, depoimentos, críticas, curiosidades, vídeos e receitas !
Participe !

Todos os posts estão divididos por área, então se você tem interesse de ver somente um tipo de post, utilize a barra de categorias no topo da página, ou na seção de tags ao lado.
___________________________________________


quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Como se cuidar antes, durante e depois do Carnaval !



É isso aí, está chegando a festa mais agitada do ano aqui no Brasil. São quatro dias de pura diversão e a maioria das pessoas não consegue deixar esta data passar em branco, e nem podiam! Há várias maneiras de comemorar: pode rolar em clubes fechados, na praia, na rua, nos blocos, em trios elétricos, enfim, independente de onde for, tem que ter muito pique!

E, para que a energia não acabe antes do fim da festa, nada melhor do que tomar alguns cuidados com a alimentação e a hidratação, afinal de contas, por mais que não se perceba, o esforço é intenso e exige muito das condições físicas da pessoa.

Publicidade


Como se sabe, uma das bebidas mais consumidas nesta época são as alcoólicas e, com a desculpa de que "tudo é festa", as pessoas tendem a exagerar. Além de passarem horas sem se alimentar, abusam do álcool, gerando os tão famosos sintomas de náuseas, vômitos, dor de cabeça, desmaios, sendo, por vezes, necessário até mesmo receber glicose intravenosa. É o verdadeiro porre e ressaca! Calma! Não estamos querendo cortar a sua onda, mas apenas dar alguns toques para que você não caia nesta bobeira!

Para saber como enfrentar esta maratona, dê uma olhada nestas dicas que o Cyber Diet preparou especialmente para você!

Antes da festa

Comece a se hidratar com antecedência! Dê preferência à água e aos sucos naturais, consumindo de 2 a 3 litros diariamente, já que os refrigerantes apresentam um baixo poder de hidratação.
Mantenha uma alimentação variada e balanceada, diminuindo a ingestão de alimentos ricos em gordura, principalmente animal, e de frituras em geral. Dê preferência a alimentos ricos em carboidratos (pão, macarrão, batata, frutas) para que tenha bastante energia na hora da festa.
Consuma muitas frutas e verduras, principalmente na forma de saladas, para que seu organismo esteja com os níveis de vitaminas e minerais em dia.
Consuma carnes magras como filé de frango, de peixe ou peito de peru.
Pratique atividade física, principalmente aeróbica, para aumentar a sua resistência física e agüentar até o último minuto!
Durante a festa

Hidrate-se a todo momento! Isto porque a perda de água através da transpiração é muito intensa e, junto com ela, perdem-se muitos eletrólitos, como sódio, potássio, magnésio e cloro. Neste caso, é interessante o uso de isotônicos, já que possuem concentrações de eletrólitos semelhantes ao sangue humano fazendo com que ocorra uma rápida absorção de líquido.
Caso consuma bebidas alcoólicas, o faça com moderação e nunca com o estômago vazio. Além de muito calóricas (cada grama de álcool fornece 7Kcal), quando em excessos pode levar a quadros de hipoglicemia, especialmente se estiver em jejum. Acostume-se, também, a intercalar as bebidas alcoólicas com muitos goles de água!
Alimente-se durante a festa, consumindo alimentos leves. Para facilitar, leve barrinhas de cereais ou então beba sucos de frutas. Desta forma, estará repondo a energia gasta na folia.
Não consuma frituras, pois por apresentarem um alto teor de gordura, podem dar a sensação de estômago pesado e de moleza.
Após a festa

Para os que exageraram, este é o dia da ressaca! Para melhorar os sintomas de mal estar, nada melhor do que:

Repousar bastante.
Tomar muita água e suco de frutas durante todo o dia, já que o álcool pode levar a uma desidratação e queda dos níveis de glicose.
Beber chás, como por exemplo, o chá de carqueja, que apresenta propriedades protetoras do estômago e do fígado; ou o chá de boldo, que facilita a digestão e ajuda na recuperação do fígado e da visícula biliar.
Consumir uma alimentação leve e rica em carboidratos, com muitas frutas e verduras. Dê preferência às sopas e caldos, evitando, principalmente, alimentos muito gordurosos.
Manter uma alimentação rica em fibras para melhorar o trânsito intestinal.
Por:
Roberta Stella
Nutricionista formada pela Universidade de São Paulo (USP)
fonte http://maisequilibrio.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget