Bem vindos!

Variedades de Floripa ! notícias, política, depoimentos, críticas, curiosidades, vídeos e receitas !
Participe !

Todos os posts estão divididos por área, então se você tem interesse de ver somente um tipo de post, utilize a barra de categorias no topo da página, ou na seção de tags ao lado.
___________________________________________


quarta-feira, 13 de novembro de 2013

A arte de cozinhar...



A arte de cozinhar...
De um lado a gastronomia cresce a cada dia, desperta o interesse de muitos jovens de se tornarem famosos chefes de cozinha, porém de outro lado, vemos que cada dia que passa tem menos donas de casa que cozinham para os seus familiares.
Devido a correria do dia a dia, quanto mais rápido, fácil, for a forma de se preparar uma refeição melhor, se for possível optar por comer fora de casa, melhor ainda. A mãe, dona de casa que antes tinha o papel de cuidar da casa, cozinhar, hoje ganha espaço no mercado de trabalho e essa tarefa é feita de outra forma. Restaurantes, fast foods, comida pronta e lanches são geralmente as opções escolhidas.
A comida “caseira” fica apenas para os fins-de-semana ou em alguns casos só na casa da vovó, não é mesmo?

Existe o lado bom e ruim dessa mudança no estilo de vida das famílias. Sem dúvida alguma a modernidade de hoje em dia trás inúmeros benefícios, mas não posso deixar de apontar que o hábito de deixar de comer com a família, de fazer refeições em um ambiente agitado, com alimentos ricos em gordura e açúcar está associado com alguns distúrbios alimentares.

“Cozinhar pode ser uma forma de descontrair, de relaxar, de se divertir ”
Por isso é preciso repensar o quanto “ganhamos e perdemos” com nossas escolhas. Acredito que o equilíbrio, o meio-termo é uma óptima opção. Não abandone a cozinha, faça do ato de cozinhar uma terapia nos momentos possíveis e ganhe mais saúde e o amor de seus familiares.

Veja a seguir alguns benefícios de cozinhar:

Vínculo emocional

- A relação do alimento com a vida social é muito presente. O alimento une as pessoas, aproxima um amigo, uma familiar, um parente. Participar de refeições em conjunto, comemorar datas em torno de uma mesa, de servir alimentos para visitas, tudo isso é importante para criar e aumentar os vínculos.

- O acto de cozinhar é uma forma de promover uma reunião com sua família durante a refeição. Conhecer mais da vida do outro, trocar informações, ouvir e falar favorece as relações familiares.

- Quando você prepara um jantar romântico, você tem a proposta de agradar o outro, cuidar, fazer um agrado. A pessoa amada percebe o gesto e isso fortalece o relacionamento.

- Quem não se lembra do cheiro daquela canja que sua mãe preparava para você quando ficava doente? Ou daquele bolo de chocolate no fim-de-semana? São sensações que nunca esquecemos e que nos remete há um tempo bom de nossas vidas.

- Segundo uma pesquisa da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, publicada na revista Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine, comer com a família pode ser uma das formas mais fáceis de evitar que adolescentes desenvolvam distúrbios alimentares e recorram a medidas extremas para controlar o próprio peso. De acordo com o estudo realizado, os distúrbios alimentares, se tornam mais comuns na passagem da adolescência para a vida adulta, e as refeições familiares podem ajudar a evitá-los.

Saudável

- Se você prepara uma refeição existe uma confiança maior em relação à higiene e a procedência dos ingredientes utilizados, isto proporciona uma forma de prevenção contra doenças como toxiinfecções alimentares, contaminação por microrganismos.

- Os produtos industrializados têm uma grande quantidade de sódio, gordura, açúcar e aditivos alimentares presentes, necessários para conservação. Quanto mais natural for a comida que você for preparar, menos sódio e aditivos ela terá.

- Se você cozinha, pode escolher a forma de cocção das preparações e evitar o consumo de frituras, preferindo aos assados, grelhados e cozidos.

- Temperos naturais e ervas aromáticas, são óptimos para dar sabor as preparações e são excelentes opções, quem se arrisca na cozinha e tem criatividade geralmente utiliza estas especiarias e cria delícias.

Terapia

- Há quem diga que cozinhar é uma arte. Mas também pode ser um grande prazer. Cozinhar pode ser uma forma de descontrair, de relaxar, de se divertir.

- Cozinhar é uma terapia que contribui para o bem-estar e o equilíbrio emocional. Cozinhar ouvindo as músicas preferidas, preparar a comida pensando nas pessoas que irão se alimentar, os elogios que irá receber, faz você distrair e se desligar dos seus problemas.

Acto de amor

- O cuidado e a atenção de quem cozinha são importantes. Para que haja esse cuidado e para que se possa alegrar a pessoa a quem se vai oferecer a comida, é preciso eliminar ou mudar o pensamento de que cozinhar é chato, de que é trabalhoso, etc. Mude o pensamento, lembre-se que além do próprio alimento, a pessoa vai absorver também o sentimento com que você fez a comida.

- Se você preparar o alimento com amor, surgirá nas pessoas o sentimento de fraternidade e de agradecimento por aquela comida. Experimente fazer com este intuito.

- Através da alimentação, as pessoas podem conhecer as Leis da Natureza, ser tocadas pela misteriosa força que a vida possui.

- Para aqueles que já apreciam o hábito de cozinhar, não o percam, e para os que não gostam, descubra o bem que pode fazer a você.


0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget