Bem vindos!

Variedades de Floripa ! notícias, política, depoimentos, críticas, curiosidades, vídeos e receitas !
Participe !

Todos os posts estão divididos por área, então se você tem interesse de ver somente um tipo de post, utilize a barra de categorias no topo da página, ou na seção de tags ao lado.
___________________________________________


segunda-feira, 25 de março de 2013

Lançamento Tech: Nova pulseira controla dispositivos por meio de gestos


O lançamento da semana foi da startup Thalmic Labs da Y Combinator.

  Por um valor equivalente a R$ 300 reais foi colocada em pré-venda a MYO, uma pulseira que funciona por controle gestual. A pulseira proporcionará que dispositivos sejam controlados através de um simples gesto feito pelo usuário.

  A maioria dos games já evoluiu seus jogos para tecnologias de reconhecimento por câmeras e sensores distribuídos nos locais dos jogos. Através de pontos de referência no corpo humano e de aparelhos guiados por sensores, os personagens dos jogos pulam, correm, praticam esportes, meditam, sempre imitando os gestos e movimentos dos usuários do brinquedo. Porém, para esse tipo de controle, é necessário um espaço com uma câmera fixa. O que dificulta a mobilidade entre os diversos tipos de dispositivos que poderiam utilizar dessa tecnologia.

A Thalmic Labs foi fundada pelos graduados em engenharia mecatrônica da Universidade de Waterloo, Aaron Grant, Matthew Bailey, e Stephen Lake. Segundo Lake, eles sempre se interessaram por um tipo de computação que pudesse ser utilizada como uma roupa. Que pudesse ser vestida.

Conhecida como “Wearable computing” ou “body-borne computers”, essa técnica nada mais é do que criar miniaturas de dispositivos eletrônicos que possam ser usados em baixo de uma roupa, em cima dela, ou como uma roupa ou acessório. Por isso surgiu a ideia da pulseira, a partir dessa necessidade de se garantir o controle dos aparelhos por gestos, mas sem a utilização de câmeras fixas ou sensores.

A empresa acredita que a melhor forma de manipular dispositivos é através de simples gestos e para isso criou a MYO que, através de Bluetooth pode se conectar via wireless a outros dispositivos e garantir o controle dos mesmos a partir de gestos à distância, sem a necessidade de toques diretos.

  Com a pulseira, o usuário poderá, por exemplo, controlar a passagem de uma transição de slides ou até mesmo a mudança de canais em seu televisor. A pulseira está em pré venda pelo site www.getmyo.com, e com isso a empresa pretende atrair não apenas clientes finais, mas também desenvolvedores.

Os criadores da pulseira querem que outras pessoas deem ideias que valorizem ainda mais seu produto. Para isso, disponibilizaram uma API (interface de programação de aplicativos) que possibilitará que qualquer pessoa crie novas ações para a pulseira.



Stephen Lake afirmou: “Estamos realmente interessados no que terceiros desenvolvedores possam fazer. Todos que falaram conosco tinham diferentes ideias para o produto”.

A web 2.0 e as tecnologias opensource proporcionam essa colaboração entre usuários e criadores de produtos que, deixando sua plataforma livre para adaptações, podem agregar ainda mais funções ao seu produto. E é nessa criatividade do usuário que eles estão apostando para valorizar ainda mais essa tecnologia baseada apenas em gestos e movimentos.
fonte jornal da ciencia

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget