Bem vindos!

Variedades de Floripa ! notícias, política, depoimentos, críticas, curiosidades, vídeos e receitas !
Participe !

Todos os posts estão divididos por área, então se você tem interesse de ver somente um tipo de post, utilize a barra de categorias no topo da página, ou na seção de tags ao lado.
___________________________________________


quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Saúde: A “sonolência eterna” finalmente encontrou uma explicação plausível


 
Uma doença curiosa que faz com que pessoas sintam sono o tempo todo, mesmo após horas dormindo, litros de café e quilos de remédios pode finalmente começar a ser tratada.

É o que afirma um texto publicado no jornal Science Translational Medicine. O nome da doença é hipersonia, e faz com que pessoas durmam 70 horas por semana (uma média de 10 horas por dia) e ainda tenham dificuldade extrema em sair do estado de sonolência, que persiste como se elas tivessem virado uma noite trabalhando.

O diagnóstico geralmente vem depois que são desconsideradas possibilidades como depressão, apneia de sono e problemas na tiroide, conforme afirmou o coautor do estudo, David Rye, que pesquisa sobre o sono na Universidade Emory.

David estima que cerca de 1 em 800 pessoas pode ter a doença, embora ninguém saiba a quantidade exata. Remédios como Ritalina quase nunca funcionam em quem sofre de hipersonia.

Para investigar a doença, David e sua equipe trabalharam na hipótese de que substâncias químicas no cérebro poderiam ser a causa do problema. Por isso, eles analisaram amostras de fluido cerebrospinal, o líquido que percorre a espinha dorsal e traz amostras dos tipos de substâncias que circula no cérebro. Foram colhidas amostras de 32 pacientes de hipersonia e 16 pessoas sadias.

  A primeira experiência envolvia colocar o fluido cerebrospinal numa placa de petri com células humanas, mas nada aconteceu. Eles fizeram outro teste então: adicionaram um pouco de ácido gama-aminobutírico, conhecido pela sigla em inglês GABA. O GABA é responsável por ajudar o corpo a se desligar. No fluido cerebrospinal dos pacientes de hipersonia, os efeitos do GABA foram amplificados.

  A conclusão de David foi que os pacientes estavam produzindo alguma coisa em seus cérebros que os mantinham em constante estado de sonolência. Então ele testou uma droga chamada flumenazil, que reverteu a ação dos fluidos cerebrospinais dos pacientes de hipersonia.

O flumenazil é geralmente usado para “reviver” pessoas que sofreram uma overdose de sedativos. A droga foi então testada diretamente nos pacientes.

Antes do teste, contudo, foi feita uma prova de estado de alerta com pacientes, pessoas que ficaram longos períodos sem dormir e pessoas levemente embriagadas. Os hipersoníacos tiveram um desempenho semelhante aos outros dois grupos. Após o uso da droga, o quadro mudou e eles tiveram um desempenho quase tão bom quanto um grupo de pessoas sadias.



  Se os estudos forem procedentes, temos aí um tratamento eficaz para quem sofre de hipersonia. Mas para que isso aconteça, é preciso um segundo estudo, de acompanhamento, para comprovar que os pacientes estão dormindo menos à noite, segundo David.

Como a droga hoje só é feita para acordar pessoas da anestesia ou tratar overdoses, a produção ainda é pequena para tratar todos os pacientes. David lembrou, em declaração ao portal LiveScience, que ela precisará crescer para que seja usada universalmente.
fonte jornal da ciencia

2 comentários:

  1. Boa Tarde,
    Sou moradora de Nilópolis - RJ tenho 33 anos
    e SOFRO DE SONO EXCESSIVO, ESTE PROBLEMA ESTA AOS POUCOS ME CONSUMINDO, POIS JÁ VIREI MOTIVO DE CHACOTA ENTRE AMIGOS E FAMILIARES.
    Se sento para assistir tv durmo, conversando durmo se estou esperando um atendimento também durmo e totalmente incontralavél,diante de tantos problemas resolvi procurar e conclui que é uma doença, a qual tem me prejudicado muito na minha vida social profissional e até mesmo em meus estudos pois quando pego um livro para estudar vem o sono e eu não consigo controlar, venho encarecidamente pedir uma ajuda, gostaria de saber se tem algum tramento para esta doença algum hospital público que possam me indicar.Pois a sensação e que estou deixando de aproveitar os prazeres da vida
    Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. infelizmente nao sei , mais vou tentar pesquisar e qualquer coisa informo aqui

      Excluir

Ocorreu um erro neste gadget